terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Travessia


Há um tempo em que é preciso abandonar
as roupas usadas,
que já tem a forma de nosso corpo,
e esquecer os caminhos que nos levam
sempre aos mesmos lugares.
É tempo de travessia;
E se não ousarmos fazê-la
teremos ficado, para sempre,
à margem de nós mesmos.
(Fernando Teixeira de Andrade - 1946-2008)*


Recebi como se fosse de Fernando Pessoa mas não consegui, de plano, atribuir a ele a frase. Preferi pesquisar. Carente de mais fontes, prefiro crer que é do autor abaixo dela nominado, conforme consta em <http://pt.wikiquote.org/wiki/Fernando_Pessoa>. 

De qualquer forma, reflete bem este período de minha vida. Fico com ela! rs....

** A fotografia é uma das minhas. 
[Galiléia-MG (13abr2011, 07h07), amanhecendo presa na estrada (amém) por força das obras de melhoria (amém também...rs...). Seguindo para Vitória-ES com muito capuccino e rock ´n´ roll... rs...]

Nenhum comentário: